3ª edição da Revista Pajeuzeiro: Diana Rodrigues, a guardiã da memória


Ano novo, edição nova. A 3ª edição da Revista Pajeuzeiro começa a ser distribuída, o projeto conta com incentivo do Funcultura. Na capa a mulher que observa o Pajeú do alto, a triunfense Diana Rodrigues abriu sua casa e conversou conosco sobre história e memória, vida e morte, e principalmente cultura.

Mais uma vez rodamos o Pajeú em busca de arte e assim fomos parar na nascente do rio, no município de Brejinho, as margens da BR 110, para um conversar com as mulheres do Art’s Barro sobre o trabalho do grupo.

Em Iguaraci encontramos seu Jonas, também artesão, mas de outra matéria prima, ele trabalha entalhando madeira, seus personagens são conhecidos como retirantes.

Na coluna Vale a pena conhecer..., o poeta e professor Genildo Santana nos apresenta o músico Moacir Santos que nasceu em Serra Talhada, foi criado em Flores e depois ganhou o mundo.

Na divisa entre os municípios de Afogados da Ingazeira e Carnaíba um grupo de jovens tenta manter viva a tradição dos mais velhos, estivemos na comunidade rural do Santo Antônio II para conhecer o grupo de Reisado dos Vieras.

Nosso Papo de Boteco da vez com a mulher do teatro, Odília Nunes. E assim fomos ao sítio Minadouro, na zona rural do município de Ingazeira conhecer o seu lugar e falar sobre sua arte.

Nesta edição não tivemos um convidado, mas sim dois, os irmão Amaral Neto e João Vinícius que a quatro mãos contam um pouco do avô-poeta, Zezé Lulu.

Para ler a revista na íntegra acesse https://goo.gl/vrxME2